Brazilian Journal of Pulmonology

ISSN (on-line): 1806-3756 | ISSN (printed): 1806-3713

SBPT

Publication continuous and bimonthly

SCImago Journal & Country Rank
Advanced Search

 

Current Issue: 2002 - Volume 28 - Number 3 (May/June)

ORIGINAL ARTICLE

Reduction on the levels of anxiety and depression of COPD patients participating in a pulmonary rehabilitation program

Redução nos níveis de ansiedade e depressão de pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) participantes de um programa de reabilitação pulmonar

 

Dagoberto Vanoni de Godoy; Rossane Frizzo de Godoy

 

Abstract

Study objectives: Multidisciplinary pulmonary rehabilitation has been the most suitable treatment for chronic obstructive pulmonary disease (COPD). This clinical trial studied the prevalence of anxiety and depression and the effect of a pulmonary rehabilitation program on anxiety and depression levels of 46 COPD patients (mean ± SD age, 62 ± 11 years; 34 men and 12 women). Design: The participants underwent a 12-week treatment program: 24 sessions of physical exercise, 24 sessions of physiotherapy, 12 psychological sessions and three educational sessions. All patients were evaluated at baseline and at completion of the rehabilitation program through three instruments: Beck Anxiety Inventory (BAI), Beck Depression Inventory (BDI) and 6- minute walking distance (Tcam6'). Results: Patients demonstrated significant statistical improvements, including reduced anxiety and depression, and increased endurance: BAI 16.4 ± 6.9 vs. 6.8 ± 5.3 (p < 0.001); BDI: 16.9 ± 8.7 vs. 7.5 ± 6.6 (p < 0.001); Tcam6": 335.7 ± 83.4 vs. 441.6 ± 100.8 (p < 0.05). Conclusions: COPD patients presented high prevalence of anxiety and depression levels. The pulmonary rehabilitation program was able to improve patient exercise performance, and to reduce anxiety and depression levels.

 

Resumo

Objetivos: A abordagem multidisciplinar oferecida por programas de reabilitação pulmonar (PRP) tem sido a melhor alternativa terapêutica para o tratamento de portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica. Este ensaio clínico avaliou a prevalência de ansiedade e depressão e o efeito de um PRP sobre os níveis de ansiedade e depressão de 46 portadores de DPOC (idade: 62 ± 11 anos; 34 homens e 12 mulheres). Pacientes e métodos: Os pacientes participaram de um PRP com 12 semanas de duração: 24 sessões de exercícios físicos, 24 sessões de fisioterapia, 12 sessões de acompanhamento psicológico e três sessões educacionais. Todos os pacientes foram avaliados na linha de base e ao término do PRP através de três instrumentos: inventário de Beck para ansiedade (BAI); inventário de Beck para depressão (BDI), teste da caminhada de seis minutos (Tcam6'). Resultados: Os pacientes estudados demonstraram redução significativa nos níveis de ansiedade e depressão e melhora significativa no Tcam6': BAI 16,4 ± 6,9 vs. 6,8 ± 5,3 (p < 0,001); BDI: 16,9 ± 8,7 vs. 7,5 ± 6,6 (p < 0,001); Tcam6': 335,7 ± 83,4 vs. 441,6 ± 100,8 (p < 0,05). Conclusões: Pacientes com DPOC estudados apresentaram alta prevalência de ansiedade e depressão. O PRP foi capaz de reduzir de forma significativa os níveis de ansiedade e depressão, bem como de aumentar o desempenho do Tcam6'.

 

 

Keywords: COPD. Pulmonary rehabilitation. Physical exercise. Anxiety. Depression.

 

Palavras-chave: DPOC. Reabilitação pulmonar. Execício físico. Ansiedade. Depressão.

 

 

No content registered.

 

 


The Brazilian Journal of Pulmonology is indexed in:

Latindex Lilacs SciELO PubMed ISI Scopus Copernicus pmc

Support

CNPq, Capes, Ministério da Educação, Ministério da Ciência e Tecnologia, Governo Federal, Brasil, País Rico é País sem Pobreza
Secretariat of the Brazilian Journal of Pulmonology
SCS Quadra 01, Bloco K, Salas 203/204 Ed. Denasa. CEP: 70.398-900 - Brasília - DF
Fone/fax: 0800 61 6218/ (55) (61) 3245 1030/ (55) (61) 3245 6218
E-mails: jbp@jbp.org.br
jpneumo@jornaldepneumologia.com.br

Copyright 2019 - Brazilian Thoracic Association

Logo GN1